quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Documentário irá contar o outro lado da presença portuguesa no Litoral de SC

Documentário mostra que a povoação de origem portuguesa em Santa Catarina não foi feita por açorianos

Santa Catarina é povoada por pessoas de diversas etnias e uma delas é à portuguesa. Mas quando se fala em povoação lusitana no litoral catarinense, a primeira coisa que se vem à cabeça é o Arquipélago dos Açores. Um documentário que será lançado na sexta-feira (26), em Navegantes, mostra que nem só de açorianos foi feita a colonização portuguesa de Santa Catarina. O documentário “Navegantes” vai ser exibido, gratuitamente, no Auditório da Prefeitura, às 19h30.

Navegantes faz referência aos navegadores portugueses que vieram para Santa Catarina. O curta-metragem conta, por meio de pesquisa, que os moradores do litoral catarinense têm origem de diversas partes de Portugal e não de uma só, como é divulgado hoje. O filme utiliza de exemplos do dia-a-dia dos moradores do litoral catarinense para mostrar que a região não tem nada de açoriano.

O filme reúne a opinião da professora e doutora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), Arlete Assumpção Monteiro e do professor e doutor da Universidade Federal da Bahia (UFBA), José Roberto Severino.
A atriz Dayana Willain em cena com o cinegrafista e editor Roney Rodrigues
A paulista Arlete Assumpção Monteiro é autora do livro Ericeira Brasileira (Mar de Letras – 2000) e a primeira a pessoa do Brasil a pesquisar a Nova Ericeira, colônia portuguesa estabelecida no Litoral de Santa Catarina em 1818. 

Já o itajaiense José Roberto Severino foi por muitos anos professor de história da Universidade do Vale do Itajaí (Univali). Beto Severino como é conhecido, escreveu o polêmico “Itajaí e a identidade açoriana: a maquiagem possível. No livro, o professor da UFBA questiona a identidade açoriana de Itajaí, principalmente a criação da Marejada (Festa Portuguesa e do Pescado), em 1987.
Professora da PUC/SP, Arlete Assumpção Monteiro foi a primeira pessoa no Brasil a pesquisar a Colônia Nova Ericeira
A atriz Day Willain (Escola de Atores Arte In Cena) faz a narração e apresentação do documentário. A direção é do jornalista Rogério Pinheiro, que também assina o roteiro. Já a produção e edição foram feitas por Roney Rodrigues.

O documentário Navegantes levou oito meses para ficar ponto. Além de Navegantes, o filme foi gravado em Itajaí, Porto Belo, Bombinhas, Itapema, Governador Celso Ramos, Tijucas e Balneário Camboriú.

Depois do lançamento, o curta-metragem vai ser exibido gratuitamente também em escolas públicas, universidades, entidades particulares do Brasil e de Portugal em 2013.  O teaser pode ser visto em http://www.youtube.com/watch?v=0KU78OSnqc0

Nenhum comentário:

Postar um comentário